Cliente acusa segurança de supermercado de calúnia

Publicidade

Sombrio

Em Sombrio, por volta das 16h30min de quarta-feira, dia 10, a Polícia Militar foi chamada por causa de uma calúnia, que teria acontecido em um mercado no centro.

Um cidadão acionou a PM e relatou que comeu um pastel e tomou um suco na padaria do Supermercado e ao sair foi interpelado pelos seguranças que o acusaram de não ter pago o referido lanche.

Publicidade

O homem disse à PM ter se sentido constrangido e oprimido. Os seguranças do mercado disseram à PM ter agido com educação e respeito e que o homem em questão, em outra ocasião, já saiu da loja sem efetuar o pagamento do lanche, fato este que segundo eles, podem comprovar por vídeos do sistema de monitoramento do estabelecimento.

Conforme apurado no local, por algum erro no sistema, na quarta-feira, num primeiro momento o pagamento feito por cartão de aproximação não havia sido efetivado, mas em seguida, após a abordagem do homem, o pagamento pôde ser confirmado.

Ainda segundo a PM, os seguranças pediram desculpas ao homem que se mostrou irredutível.

Diante dos fatos, a guarnição lavrou um Boletim de Ocorrência e Termo Circunstanciado em desfavor dos seguranças por terem em tese acusado o homem injustamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui