Homem baleado domingo em Praia Grande continua na UTI

Homem, vítima da tentativa de assassinato, foi socorrido e encaminhada ao hospital, em estado grave
Publicidade

Jovem estava de bicicleta, com a mulher e dois filhos bebês, quando foi atingido por dois disparos de arma de fogo, na região da cabeça. O crime ocorreu no bairro São Gabriel

Praia Grande

O jovem de 26 anos, que ficou gravemente ferido em Praia Grande, após receber dois tiros de arma de fogo no último domingo, dia 28, continua na UTI, no Hospital São José de Criciúma. A reportagem do Jornal Correio do Sul conversou com a esposa da vítima que contou sobre o estado de saúde do rapaz.

“A médica disse que ele está com duas balas na região da cabeça, uma no maxilar e outra um pouco mais acima, mais a cima, os estilhaços fizeram um pequeno sangramento na cabeça. Ele passou por uma cirurgia nesta terça-feira”, disse. Ainda, segundo a esposa, no decorrer desta semana vão tirar a sedação dele para ver como ele vai reagir. Depois, quando ele estiver acordado, vão tirar o tubo para ele respirar sozinho. “A médica disse que ele está sedado para o cérebro dele descansar e por isso que ele está entubado, porque com o cérebro descansando, não consegue respirar sozinho. Mas ele continua estável não teve nenhuma piora”, relatou a esposa.

“Estamos todos aqui em oração para que ele melhore e venha cuidar da família. É complicado, a filha, de seis anos, pergunta por ele. Ela diz: ‘Onde está meu pai? Quero ver meu pai”. E nós temos que dizer que ele está descansando no hospital, por enquanto, mas, que em breve vai estar de volta”, comentou e esposa, que ressaltou. “Continuamos pedindo que todos orem por ele, pois temos fé que meu marido vai sair dessa”, afirmou.

Entenda o caso

Um homem de 26 anos foi atingido por dois disparos de arma de fogo na tarde de domingo, dia 28, no bairro São Gabriel, em Praia Grande. Segundo informações apuradas no local do crime, o homem seguia para sua casa, junto da esposa e de dois filhos de bicicleta, quando passou por outro homem. As crianças são gêmeas e têm dez meses.

A esposa da vítima relatou à polícia o que viu. “Nós estávamos seguindo para casa quando um homem passou perto de nós e comentou: ‘É uma lomba grande, né? E longe’. Então, meu marido e eu concordamos com o homem, e continuamos nosso caminho, foi quando ouvi os tiros e vi meu marido caído no chão e meu filho também. Graças a Deus, não aconteceu nada com nossos filhos”, comentou ela à reportagem.

A mulher pediu socorro e o homem foi levado ao Hospital Nossa Senhora de Fátima e após foi transferido pelas equipes do Saer e Sarasul para Hospital São José de Criciúma, devido à gravidade dos ferimentos. Ele levou dois tiros.

O suspeito teria fugido a pé, após o crime, em direção ao cemitério local e foi capturado no início da noite pela Polícia Militar, ainda em Praia Grande. O suspeito é morador de Passo de Torres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui