quinta-feira, 18 DE julho DE 2024
SociaisMelhores do Sul | Margareth SilvaMelhores do Sul - Narbal Teixeira da Rosa - ALÔ RH...

Melhores do Sul – Narbal Teixeira da Rosa – ALÔ RH…

spot_imgspot_img
Publicidade

FALTA DE MÃO DE OBRA?
Tenho acompanhado nas empresas da região a dificuldade que
estão passando para completar seus quadros de pessoal principalmente
nos setores de produção, independente de funções qualificadas ou não.
As atividades operacionais são as mais prejudicadas.
Sem contar a questão da rotatividade e das faltas, que em média
atribui-se uma meta de 1,5% a 2% para cada fator. Simplesmente após a
admissão, em alguns dias ou semanas, resolvem faltar, alegando questões
diversas, como saúde, cuidar de filho, perda de ônibus etc. Outras
desculpas acontecem, mas que não convencem os chefes imediatos. E o
realizado chega a ficar em até 10% de absenteísmo. A rotatividade
acumulada, ou seja, anual, chega quase a trocar o quadro completo das
pessoas, ou seja, substituição.
Entendo a dificuldade do momento, e pelo andar da carruagem, irá
se arrastar ainda por um bom tempo. O que fazer então? Não existe
fórmula de bolo, e cada um deverá buscar a melhor saída para sua
empresa. Aqui entra em ação o pessoal dos setores ou departamentos de
RH. São eles os especialistas, responsáveis pelos processos de recursos
humanos, sendo um deles: RETER TALENTOS. O que está sendo feito para
reter os talentos na empresa?
Boa hora para rever os benefícios; investir em treinamento,
treinamento, treinamento, operacional e de gestão; fazer um bom
programa de integração ( o que não existe na maioria das empresas de
pequeno e médio porte); chefe imediato estar atento para que o novato
tenha apoio constante, e seja tratado com educação, e não mais um”
como se diz na gíria organizacional”; fazer avaliação de desempenho e
fazer a devolutiva ao funcionário, e também investir em pesquisa de clima
organizacional, são excelentes ferramentas de gestão. Um programa de
participação, como o de melhorias por exemplo, pode ser uma excelente
alternativa.
Fácil e colocar a culpa no mercado, lavar as mãos e deixar o diretor
de cabelos brancos. Hora de usar a criatividade, olhar para a solução,
buscar idéias, acreditar nas pessoas. Para finalizar, bom relembrar que nos
maiores eventos de dificuldades no mercado, as empresas que
conseguiram se defender, foram as que investiram em Qualidade
Produtividade e Recursos Humanos.

Narbal Teixeira da Rosa
Consultor Organizacional


spot_img

Matérias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.