Prefeito lança o Acelera Gaivota e avalia primeiros 30 dias de governo

Publicidade

Um balanço das ações realizadas nos primeiros 30 dias de governo e projetos para este ano, reunidos no PAG, o Programa Acelera Gaivota, foram apresentados na última sexta-feira

Balneário Gaivota

O prefeito de Balneário Gaivota Everaldo dos Santos, o Kekinha, e o vice Jonatã Coelho, apresentaram na última sexta-feira um balanço das ações realizadas nos primeiros 30 dias de governo e projetos para este ano, reunidos no PAG, o Programa Acelera Gaivota.

Cada secretário fez um relato sobre a sua pasta, sendo o primeiro Márcio Abatti, de Administração e Finanças. Segundo ele, o caixa da Prefeitura foi encontrado zerado, e a dívida com financiamentos chega a R$ 10 milhões a serem pagos até 2040. Mensalmente, devem ser quitados R$ 190mil; e outros R$ 125 mil são repassados à Câmara de Vereadores. Márcio listou as providências tomadas visando a redução dos gastos, como a diminuição das horas extras.

O secretário de Arrecadação Paulo Moacir Boeira, informou que neste primeiro mês foram arrecadados R$ 1,6 milhão em tributos, e que em fevereiro deve ser encaminhado ao legislativo o projeto de refinanciamento das dívidas, o Refis, como forma de incentivar os contribuintes a pagarem seus débitos.

O titular da Secretaria de Obras enfatizou ter encontrado maquinário sucateado, mas uma equipe disposta a trabalhar. Já na Educação, a secretária Taís Valandro explanou que são atendidos quase 2 mil alunos e que visitou todas as escolas e centros de educação para garantir que tudo esteja pronto para o início das aulas em março.

As Secretárias de Assistência Social e de Saúde também fizeram breves depoimentos sobre seus trabalhos; assim como o secretário de Cultura.

Convênios e economia    

A responsável pelos convênios, Cíntia Brígido, elencou que a atual administração recebeu seis convênios efetuados junto ao Governo Federal. Foram eles que possibilitaram a entrega durante a solenidade, de duas retroescavadeiras aos conselhos rurais, com R$ 85 mil de contrapartida do município. Também esclareceu que as obras na Beira Mar lado Norte e de acesso a Figueirinha estão paralisadas por falta de repasses. A primeira, dos R$ 3,2 milhões necessários, só vieram R$ 345 mil; e a segunda, dos R$ 507 mil orçados, apenas R$ 65 mil foram depositados. “O prefeito, o vice e eu, estamos todos os dias fazendo esforço para retomar estas obras”, disse Cíntia.

O vice-prefeito Jonatã criticou a falta de transição antes da posse. “Não tivemos acesso às informações. Hoje estamos trabalhando, em alguns dias, até às 22 horas. Gaivota cresceu, mas não se desenvolveu. Temos problemas no social, na segurança e outras áreas”, afirmou.

O prefeito kekinha começou seu pronunciamento falando da economia já alcançada. A folha de pagamento de mais de R$ 1,8 milhão caiu para R$ 1,4 milhão, em assessoria jurídica o gasto mensal era de quase R$ 30 mil e hoje é de R$ 10mil, e outras mudanças. “Estamos fechando todas as torneiras” garantiu. Um gasto, porém, o prefeito autorizou, para eliminar a fila de espera de aproximadamente 420 exames com especialistas na área da saúde.

O prefeito assinou autorização para melhoria de 4 quilômetros com base de brita até a praia de Areias Claras, também se comprometeu a levar asfalto até o Rio Novo ainda este ano, e em 2022 fazer o asfalto chegar até a Lagoa Cortada e Areias Claras.

Programa Acelera Gaivota

– Autorizada elaboração de projeto e abertura de licitação para construção de uma creche no bairro Brilhamares com vagas para 100 crianças;

– Ampliação e reforma da creche Pingo de Gente na Lagoa de Fora, para mais 50 vagas;

– Autorização para elaboração dos projetos de asfaltamento de quase 10 km da Rua Nova a Anita Garibaldi. e de 2,7 km também da estrada do campo, mas em direção norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui