Dois homens são esfaqueados em briga em Balneário Gaivota

Crimes ocorreram na comunidade de Lagoa de Fora, em Balneário Gaivota
Publicidade

PM foi acionada para atender uma ocorrência, que, a princípio, seria de tentativa de homicídio de um homem por golpes de faca. Mais tarde, foi novamente acionada, pois outro homem havia sido esfaqueado

Balneário Gaivota

Na noite de terça-feira, dia 23, por volta das 21h30min, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência, a princípio, de tentativa de homicídio na comunidade de Lagoa de Fora, em Balneário Gaivota. O Corpo de Bombeiros também foi acionado. No local, populares se depararam com um homem caído no chão, com ferimentos nos braços. Os policiais conversaram com a vítima, que relatou inicialmente que estava em sua casa, quando foi assaltado.

Em buscas em uma residência próxima, que, segundo a PM, é usada para o tráfico de drogas e onde a vítima já estava há alguns dias, foram encontradas marcas de sangue no chão e dois suspeitos, que foram detidos e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Sombrio. Um dos suspeitos de envolvimento no crime é menor de idade, e um terceiro, que também pode ter envolvimento, não foi capturado. A arma usada no crime não foi encontrada.

A vítima teve ferimento no braço ao tentar se defender das facadas, e foi levada pelo Corpo de Bombeiros, ainda consciente, para o Hospital Dom Joaquim de Sombrio. Segundo informações repassadas à reportagem, o homem é usuário de drogas, morador de Balneário Gaivota.

Horas depois, por volta de 1h30min da madrugada de quarta-feira, dia 24, a PM recebeu um chamado para atender uma segunda ocorrência em que outro homem teria procurado o Hospital Dom Joaquim, por ter sido esfaqueado. Esse homem inicialmente era apontado como um dos suspeitos da tentativa de homicídio anterior. No hospital, o homem informou que na noite de terça-feira estava na casa de sua ex-companheira, para visitar seus filhos, quando o agressor, que estava com um facão, partiu para cima dele atingindo sua mão, braço esquerdo e costas. Ele revidou e agrediu o outro homem, o mesmo que foi atendido anteriormente, com os braços feridos, no mesmo hospital.

Questionado sobre a situação, a vítima atendida no início da noite relatou à PM que foi agredido, na verdade pelo segundo homem que foi atendido no hospital. A agressão teria ocorrido quando ele foi até a casa de uma ex-companheira buscar alguns pertences e recebeu um soco do outro homem, do qual ele se defendeu com outros golpes.

A vítima foi para casa logo depois, sendo surpreendido pelo mesmo agressor com golpes de facão e desta vez, acompanhado por outros dois homens. Segundo a PM, os dois envolvidos dizem ser vítimas um do outro e negam serem autores.

A Polícia Civil instaurou um inquérito policial para averiguar o caso, para poder definir a autoria em cada caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui