Governo do Estado prorroga medidas sanitárias contra a Covid

Publicidade

Estado

O governador Carlos Moisés se reuniu nesta quarta-feira, dia 10, com prefeitos das 21 maiores cidades de SC, de 20 associações de municípios, secretários de Estado e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro de Nadal. O encontro teve como finalidade avaliar e estabelecer medidas para o enfrentamento da pandemia.

Santa Catarina terá mais um fim de semana de restrições e também foi definida uma lei seca, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas das 21 horas até às 6 horas, para consumo no local da venda, em todo o território estadual. Segundo o governador, a restrição sobre bebidas alcoólicas tem o objetivo de conter aglomerações e também evitar acidentes de trânsito e outras ocorrências que acabam sobrecarregando o sistema de saúde.

Para o fim de semana, ficará em funcionamento somente aqueles serviços e atividades estritamente necessários.

Medidas apresentadas

A proposta do Governo do Estado, discutida com as autoridades, traz entre as medidas a proibição de fornecimento com consumo no local de bebidas alcoólicas das 21 até as 6 horas e a prorrogação do uso de efetivo de 500 policiais exclusivamente para a fiscalização das medidas sanitárias previstas em decreto.

Além destas ações, o modelo apresentado aos gestores municipais prevê, a partir de sexta-feira, dia 12, até a próxima sexta, dia 19, por uma semana – ressalvado o fim de semana – a limitação de funcionamento de uma série de atividades por limite de ocupação até 25% e atendimento ao público das 6 horas até as 23h59min.

No transporte coletivo haverá limitação de 50% da ocupação do veículo. O funcionamento de casas noturnas, realização de shows, além de qualquer tipo de aglomeração de pessoas continuam proibidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui