sábado, 22 DE junho DE 2024
spot_img
JustiçaHomem é condenado a mais de 44 anos de prisão homicídio e...

Homem é condenado a mais de 44 anos de prisão homicídio e tentativa a mando do pai em Forquilhinha

Publicidade

Após denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o Tribunal do Júri da Comarca de Forquilhinha condenou um homem, por maioria de votos, pela prática dos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, ambos qualificados, e por porte ilegal de arma de fogo. A pena pelos três crimes foi fixada em 44 anos e dois meses de prisão em regime inicial fechado. O réu foi responsável por matar um homem com dez tiros e por tentar matar a esposa da vítima, atingindo-a com um disparo.

Os fatos tiveram início em outubro de 2021, quando a vítima, um homem, se desentendeu com o pai do réu durante uma conversa em um bar no Sul do estado. Por esse motivo, o homem determinou que seu filho matasse a vítima.

O réu, então, foi até a casa da vítima, bateu na porta e a chamou. Assim que o homem abriu a porta, o réu disparou contra ele dez vezes, causando sua morte. O criminoso ainda atirou contra a esposa da vítima, atingindo-a no ombro, e somente não consumou o segundo homicídio pois, segundo a denúncia do MPSC, a munição da arma acabou.

O crime foi cometido com três qualificadoras. A primeira foi o recurso que impossibilitou a defesa da vítima, uma vez que, ao atender quem lhe chamava na porta de sua casa, o homem foi surpreendido com diversos disparos em sua direção, não tendo a possibilidade de prever o ataque e de esboçar reação. O crime também foi praticado com extrema crueldade, já que, conforme os laudos periciais, o réu seguiu disparando contra a vítima mesmo quando já estava caída no chão sem esboçar qualquer tipo de reação.

A terceira qualificadora diz respeito ao motivo fútil pelo qual o crime foi cometido: uma discussão no bar movida por um desentendimento antigo entre o pai do executor e a vítima. Conforme explanado pelo Promotor de Justiça Cleber Lodetti de Oliveira, que atuou no caso, o homem sabia da motivação fútil do crime ordenado por seu pai.

O crime de tentativa de homicídio, praticado contra a mulher, também foi qualificado por recurso que dificultou a defesa da vítima, já que ela foi surpreendida com a chegada do homem e com os disparos.

O réu ainda irá responder por posse ilegal de arma de fogo. O pai do réu, mandante do crime, foi condenado anteriormente por homicídio a 18 anos e oito meses de prisão e está recolhido no Presídio Regional de Criciúma.


spot_img
spot_img

Matérias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.