HRA receberá mais dez leitos de UTI e Dom Joaquim terá UTI com 10 leitos

Em Araranguá, o governador Carlos Moisés foi recebido no auditório do Center Shopping Araranguá
Publicidade

Governo do Estado liberou R$ 1,5 milhão para compra de equipamentos para as dez UTI do Hospital Dom Joaquim e anunciou mais dez leitos de UTI no Hospital Regional de Araranguá

Região

Em sua primeira visita ao município de Sombrio, o governador Carlos Moisés, acompanhado do deputado Zé Milton, secretário de Estado da Saúde, André Motta, prefeita Gislaine Dias da Cunha e vereadores, assinou a liberação dos recursos para aquisição dos equipamentos para a instalação dos dez leitos de UTI do Hospital Dom Joaquim, nesta quinta-feira, dia 25. O ato de assinatura ocorreu na sede da Câmara de Vereadores de Sombrio.

Publicidade

O valor total que será investido ultrapassará os R$ 5 milhões, sendo R$ 1,5 milhão para a aquisição de equipamentos e R$ 480 mil mensais para o custeio dos dez leitos de UTI, que somados ultrapassará os R$ 4,3 milhões. Segundo o deputado Zé Milton, o objetivo é manter permanentemente os leitos de UTI em Sombrio. Moisés também falou do desejo de, após a crise atual da pandemia, realizar cirurgias eletivas no Hospital Dom Joaquim

“Nós vamos custear os leitos de UTI para acelerar a instalação deles e ofertar o atendimento a nossa população que tanto necessita, ainda mais nesse momento de pandemia”, comentou o governador.

Prefeita Gislaine salientou que o rápido resultado em prol da saúde regional veio a partir de uma série de reuniões em que foram deixadas de lado diferenças político-partidárias para um objetivo comum. “Quando quebramos paradigmas políticos, todos saímos ganhando, principalmente a população e o nosso Hospital Dom Joaquim, que, com o trabalho de todos, vai estar cada dia melhor ainda”, destacou Gislaine.

Ainda em Sombrio e logo na chegada, Moisés conversou com representantes do setor de restaurantes, que aproveitaram a visita para pedir que seja relaxado o decreto que proíbe a venda de bebidas alcoólicas após às 18 horas. “Vamos rever isso com o Coes”, prometeu o governador.

HRA receberá mais leitos de UTI

O governador esteve também em Araranguá, no auditório do Center Shopping, onde participou da assinatura de um convênio com o Hospital Regional e liberou a implantação de novos 20 leitos de UTI. Destes novos leitos, dez devem ficar prontos até o dia 15 de abril.

Os outros dez novos leitos de UTI, serão adquiridos em parceria com a Amesc, que irá custear respiradores, o restante dos equipamentos para estes dez leitos, o Governo do Estado vai custear. O pagamento do custeio mensal de todos os novos 20 leitos de UTI do HRA também será feito pelo Governo do Estado, que custará cerca R$ 960 mil por mês.

O Hospital Regional de Araranguá tem hoje 26 leitos de UTI, sendo 18 leitos UTI Covid e 8 leitos UTI Geral.

Segundo o governador, investir em novos leitos é buscar a solução para a fila de espera por um lugar nas UTIs catarinenses. “Em um momento de crise, o HRA é um equipamento muito importante e avançando na oferta de leitos, vamos obviamente atender mais pessoas e enfrentar essa crise. Esse investimento é para distensionar as unidades de saúde do nosso estado”, comentou.

O prefeito de Araranguá também participou do ato na cidade e exaltou o trabalho de união das autoridades na ativação dos novos leitos. “É essa parceria que tem que dar certo, todos envolvidos para que a gente consiga, a médio caso, que isso se termine”, disse Cesar Cesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui