Pelo Estado | Anita Garibaldi, a heroína dos dois mundos

A atriz lagunense Lize Souza interpretou Anita na sessão especial na Alesc | Foto Divulgação/Agência AL

Uma sessão especial realizada na noite desta segunda-feira (23) na Assembleia Legislativa homenageou o bicentenário de nascimento de Anita Garibaldi, a heroína dos dois mundos e “Mãe da Itália”, por ter participado de diversas batalhas ao lado do marido Giuseppe Garibaldi. A solenidade destacou os fatos da vida da mais ilustre cidadã lagunense, principal figura feminina que participou de inúmeros combates tanto no Brasil, quanto na Itália.

“Anita Garibaldi saiu de Santa Catarina com apenas 18 anos e morreu com 27 anos de idade. Em apenas um ano e oito meses na Itália se tornou a mãe da pátria italiana e a heroína de dois mundos”, resumiu o escritor Adílcio Cadorin, autor da biografia “A Guerreira das Repúblicas”, que fala sobre a figura de Anita. “Nenhuma outra pegou em armas para lutar por quatro repúblicas, em dois continentes diferentes, pela república catarinense, república riograndense, república uruguaia e república romana”, exemplificou Cadorin. Antes da solenidade, o grupo Guardiãs de Anita e soldados farroupilhas e imperiais, criado aos moldes da legião garibaldina, fez uma apresentação no hall do Parlamento.

As homenagens se multiplicam. Na próxima segunda-feira, 30, no Itamaraty haverá uma sessão solene para lançamento do selo comemorativo e no dia 20 de setembro, em Laguna, a Casa da Moeda do Brasil lançará 200 medalhas de prata e 200 de bronze. O presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e da comissão estadual comemorativa ao bicentenário no estado, Edson Lemos, destacou que são mais de 160 eventos em Santa Catarina. Ele confirmou que nos dias 12, 13 e 14 de novembro haverá o retorno da apresentação do espetáculo A Tomada de Laguna, como forma de homenagear o bicentenário do nascimento de Anita Garibaldi.

Adolescentes e idosos

Com a chegada de mais doses, SC pretende iniciar imunização dos adolescentes em setembro | Foto: Maurício Vieira/Secom

O governador Carlos Moisés anunciou nesta terça-feira, 24, que a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos começará em 1º de setembro. Do total, 90% será destinado aos adolescentes por faixa etária e sem comorbidades e 10% aos jovens que integram o grupo prioritário – com comorbidades, gestantes, puérperas, lactantes, deficientes e em privação de liberdade. O governo aguarda mais doses para também definir a estratégia da terceira dose para idosos e imunossuprimidos que completaram o esquema vacinal há seis meses ou mais.

Força do Oeste

O encaminhamento da remarcação da prévia do MDB para o dia 15 de fevereiro de 2022 foi exaustivamente discutido por cinco expressivas lideranças emedebistas em jantar na sexta-feira, 20,  em Concórdia.  O deputado Moacir Sopelsa recebeu, em sua casa, o presidente da Alesc Mauro de Nadal; o ex-presidente Romildo Titon; o líder da bancada Valdir Cobalchini; e o presidente do diretório estadual Celso Maldaner. Ou seja, quase metade da bancada estadual, todos detentores de mandato do MDB e representantes do Meio-Oeste e Oeste catarinense. Há que se destacar ainda que Moacir Sopelsa, pelo acordo já firmado, será o presidente da Assembleia Legislativa em 2022.

 

Programa SC Confiança

O programa catarinense de desburocratização e simplificação de serviços públicos e processos O programa de desburocratização e simplificação de serviços públicos e processos internos do governo do estado, intitulado SC Mais Confiança, foi lançado nesta terça-feira, 24, pelo governador Carlos Moisés. O programa reúne ações voltadas a facilitar a vida do cidadão. Pela nova regra, o setor da suinocultura poderá fazer a renovação autodeclaratória de Licença Ambiental de Operação (LAO). A iniciativa é coordenada pela Casa Civil e com apoio da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc).

Fiesc e os portos

A desestatização de portos será tema de reunião conjunta da Câmara de Assuntos de Transporte e Logística da Fiesc e do Conselho de Infraestrutura, nesta quinta-feira, 26. O assunto será abordado pelo secretário nacional de portos substituto, Fabio Lavor. A reunião será semipresencial, com transmissão pelo canal da Fiesc no You Tube. O gerente de projetos da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Fernando Castilho, e o coordenador de portos da entidade, Fernando Correia, vão apresentar o modelo de desestatização do porto de Itajaí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui