Pelo Estado | Governador reconsidera, mas greve na educação continua

Publicidade

A greve dos professores em Santa Catarina ganhou novos contornos nesta quarta-feira, 8. Isto depois que a Justiça determinou, por meio de uma liminar, que o governo se abstivesse de demitir os professores grevistas até que o caso fosse julgado. Assim, Jorginho Mello (PL) começou a reconsiderar a ideia em troca do fim da greve.

Ainda na terça-feira, 7, o Governo do Estado emitiu uma nota com a nova proposta apresentada ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (SINTE-SC), assinada pela Secretaria Adjunta da educação, Patricia Lueders, com as seguintes condições:

Antecipação do aumento do vale alimentação para R$ 25 por dia já em novembro de 2024, o que representa R$ 80 milhões aplicados.

Aplicação de 1/3 da hora-atividade a partir de 2025, um investimento de R$ 45 milhões na valorização dos professores.

Lançamento de edital do maior concurso público da história da Educação em junho de 2024, com chamamento dos professores e profissionais aprovados a partir de 2025.

Estudos para avaliação de impactos, por grupo técnico das secretarias de Educação, Administração e Fazenda, para a descompactação da tabela salarial, que hoje não é possível atender.

Mas as condições apresentadas só serão válidas com o fim da greve e o retorno imediato às atividades.

Entretanto, representantes do Sinte Sc se manifestaram nesta quarta-feira, 8, sobre a proposta do governo e afirmaram que ela está muito aquém das necessidades do magistério catarinense. Eles consideram necessário que o governo avance na valorização do magistério.

Na quarta, houve ainda uma manifestação de professores em frente à Alesc. E a tendência é que as atividades da educação continuem paralisadas.

 

Seif pede perdão por show de Madonna

O senador Jorge Seif (PL) usou a bancada do Plenário para se dizer bastante arrependido por ter ido – a convite da esposa, Catiane Seif, secretária adjunta de Turismo de Santa Catarina, ao show da Madonna, no último dia 4, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O político, que está sendo investigado por abuso de poder econômico, pediu perdão por ter decepcionado seus correligionários e eleitores com tal atitude.

Lembrando que, além dele, outros peelistas conservadores estavam presentes no evento. Será que estes aí também vão se manifestar? Acho que não…

 

Correndo atrás

Ainda sem aceitar ficar de fora da majoritária da Balneário Camboriú, o deputado estadual Carlos Humberto (PL) se reuniu com o presidente nacional do partido, Valdemar da Costa Neto, e com a deputada federal Daniela Reinehr (PL) para defender seu nome como candidato a prefeito de Balneário Camboriú, assim como quer toda a bancada do PL catarinense.
Enquanto isso, Fabrício Oliveira já dá como certa a candidatura de Peter Grando para lhe substituir e, até Jorginho, já deu sua benção ao novo candidato.

 

Caminhões multados

O governador Jorginho Mello foi para as redes sociais pedir que a ANTT não interrompa e nem multe os caminhões carregados com doações para o Rio Grande do Sul. O governador fez este apelo depois de ficar sabendo que uma carreta de Florianópolis havia sido multada por excesso de peso e por evasão, já que o motorista resolveu seguir viagem para entregar os donativos para a população gaúcha. Atendendo ao apelo, a ANTT publicou, nesta quarta-feira, 8, uma portaria com ordens de flexibilização na fiscalização de caminhões com donativos para o RS, entre elas a isenção de pedágio. A medida tem o objetivo de facilitar a entrega de donativos.

 

Eleições em Blumenau

Ricardo Alba foi oficializado nesta terça-feira, 7, como o pré-candidato do Podemos para prefeito em Blumenau. A decisão foi tomada de forma unânime em reunião coordenada pela presidente estadual do partido, a deputada estadual Paulinha, ao lado do deputado estadual Lucas Neves com os pré-candidatos a vereador e a Executiva Municipal do Podemos.

Alba foi eleito vereador de Blumenau em 2016 e dois anos depois foi o deputado estadual mais votado em Santa Catarina. Em 2020, concorreu a prefeito pela primeira vez e somou 17.487 votos. Candidato a deputado federal em 2022, ficou com a primeira suplência com 48.904 votos, sendo 19.561 mil apenas em Blumenau.

 

Reurb

Os cartórios de Santa Catarina darão início à maior ação de regularização fundiária no Estado, buscando divulgar o programa Reurb – Regularização Fundiária Urbana. A Caravana da Reurb conta com entidades parceiras e vai percorrer todas as 21 macrorregiões catarinenses até o próximo ano, em ações para divulgar e ampliar a implementação de políticas de regularização fundiária urbana em municípios catarinenses, conforme previsto na Lei Federal nº 13.465/17.

A iniciativa terá início nos próximos dias 16 de maio, em São José, em encontro para prestar todas as informações do programa não apenas para a população interessada, mas também para órgãos públicos e entidades que atuam no tema.

 

Projeto aprovado

Os deputados da Alesc aprovaram o projeto de lei que dispõe sobre a Política de Transparência da Operação, Manutenção e Medidas de Segurança das Barragens em Santa Catarina. Para promover a transparência da operação, manutenção e das medidas de segurança das barragens a proposta prevê uma série de ações, entre elas inspeções regulares e especiais nas estruturas anualmente, o monitoramento contínuo das barragens, a promoção de ações preventivas, elaboração de planos de segurança e manutenção preventiva específicos para cada barragem e planos de contingência e emergência.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui