Polícia Militar é chamada por causa de confusão em loteamento

A Polícia Militar foi acionada nesta terça-feira, dia 14, por causa de uma confusão em um loteamento de Balneário Gaivota. De acordo com informações colhidas pela reportagem, uma mulher teria de ceder, conforme o previsto no projeto aprovado na Prefeitura, um trecho do lote para a passagem de uma rua. O trecho teria dez metros de largura. Porém, a proprietária se recusou e subiu em cima de uma das máquinas que trabalhavam no local. Bastante alterada, ela tentou arrancar o condutor da máquina de seu lugar, e uma policial militar teve que, inclusive, apontar a arma para conter a mulher.

Esta não foi a primeira vez que ocorreram problemas com a cidadã. Durante outros serviços na obra, a moradora cravou estacas nos limites do terreno, para que o maquinário da empresa não avançasse.

Segundo Junior Souza, fiscal da prefeitura municipal, o loteamento fica na divisa da praia Santa Fé com a praia Turimar. O projeto do local foi aprovado, o que, de acordo com ele, torna as vias propriedade pública. “A prefeitura do município só interviu para mostrar que tem projetos aprovados”, comentou.

Durante a ocorrência, a mulher disse que, com o advogado, vai buscar uma liminar para barrar a obra. “Por causa disso, e das muitas viaturas que vieram, achamos melhor parar os serviços por hoje e se até o fim do dia ela viesse com a liminar, a gente não faria mais nada. Porque tudo está aprovado e correto. Se não, amanhã retornamos”, explicou. Junior diz que a obra é apenas de pavimentação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui