ROLANDO CHRISTIAN COELHO | Boeira pode ser lançado ao Governo pelo PP

Ex-deputado federal, o araranguaense Jorge Boeira está ficando cada vez mais com o espaço aberto para disputar o Governo do Estado pelo PP

Rolando Christian Coelho, 02/09/2021

Boeira pode ser lançado ao Governo pelo PP

Cúpula do Progressistas poderá lançar o nome do ex-deputado federal Jorge Boeira ao Governo do Estado.

A bola, pelo menos, está picando para isto. Nome mais do que natural para disputar o governo pelo partido, senador Esperidião Amin não fez as costuras necessárias para isto. Teria que ter se aproximado do presidente Jair Bolsonaro para tentar uma dobradinha com ele no Estado.

Tivesse feito isto em 2018 teria sido eleito governador. Passado aquele pleito, não fez nenhuma questão de trilhar por este caminho. Quem acabou abraçando Bolsonaro no Estado foi o senador Jorginho Mello (PL), que tem tudo para ser o candidato oficial do Governo Federal em Santa Catarina ano que vem.

Sem muita margem para emplacar como um candidato viável ao governo, Amin já disse que está fora do jogo. Referendou os nomes do prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, e do ex-deputado federal Jorge Boeira para o embate.

Ponticelli, por sua vez, está reticente. Sabe que o pleito de 2022 será pesado para seu partido. Prefeito de segundo mandato, ele teria que renunciar a prefeitura turabonense com um ano e três meses de gestão, abraçando uma candidatura ao governo em um cenário totalmente pluralizado, com pelo menos cinco frentes políticas com chances de chegar ao segundo turno. Por conta dos fatos, melhor ficar onde está. É neste cenário que Jorge Boeira se ressalta.

Para que o projeto de Boeira possa ser levado adiante, no entanto, é preciso que Ponticelli o apoie oficialmente, e o mais rápido possível, para que sejam promovidas as costuras necessárias para viabilizar o projeto. Há a expectativa de que isto seja feito já nos próximos dias.

A esta altura do campeonato, uma coisa já é praticamente certa. Se não for candidato a governador pelo Progressistas, Boeira deverá deixar o partido para postular a mesma vaga por outra legenda.

Com Boeira, Clésio Salvaro deve ficar de fora da majoritária

Um dos reflexos mais diretos da possível candidatura de Jorge Boeira ao Governo do Estado será a não candidatura do prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), ao mesmo posto. Ainda que seja morador de Araranguá, Boeira tem seu domicílio eleitoral em Criciúma, onde transita com naturalidade numa base eleitoral muito parecida com a de Salvaro, tendo também o apreço do setor empresarial local, tal qual o prefeito criciumense. Na prática, não há espaço para estas duas candidaturas ao governo por Criciúma, levando em conta que ambas sairiam fragilizadas em seu principal reduto eleitoral, o que as queimaria em nível estadual.

Projetos que preveem R$ 15 milhões para Rocinha está na Assembleia

Governador Carlos Moisés da Silva enviou ontem para a Assembleia Legislativa dois projetos de lei que permitirão ao Governo do Estado aportar R$ 115 milhões em obras de rodovias federais em Santa Catarina.

Deste montante, R$ 15 milhões estão carimbados para ser aplicados na BR 285, especificamente na Serra da Rocinha, em Timbé do Sul. Para que a pavimentação da Serra seja concluída, são necessários investimentos na ordem de R$ 30 milhões. Carlos Moisés se comprometeu em aportar metade o valor.

Em princípio, está tudo certo para que o parlamento estadual aprove os projetos enviados neste sentido, o que permitirá com que as obras na Rocinha não sejam paralisadas por falta de recursos.

A articulação para a aprovação tem sido feita pelo líder do governo na Assembleia, deputado José Milton Scheffer (PP), que gestionou junto a Carlos Moisés para que os R$ 15 milhões da Rocinha fossem assegurados no pacote.

Antídio Lunelli está de nariz torcido com decisão do MDB

Prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli (MDB), ainda não engoliu o fato de seu partido ter marcado para o dia 15 de fevereiro as prévias para escolha de seu candidato ao Governo do Estado.

A data é extremamente prejudicial a ele, que, se escolhido, teria apenas 45 dias para arrumar a casa, renunciar seu mandato de prefeito, e só então se dedicar a sua pré-campanha, com vista a Outubro de 2022. Por conta disto, são grandes as especulações dando conta de que ele poderá deixar o partido, bancando uma candidata ao governo por outra legenda.

Multimilionário, Antídio é um noivo que toda legenda quer para um casamento ano que vem.

Deputado Jessé Lopes apaga foto polêmica publicada por ele

Causar polêmica não parece ser nenhum problema para o deputado estadual Jessé Lopes (PSL), de Forquilhinha.

Nesta semana ele postou uma foto nas redes sociais ao lado de Marco Antônio Heredia Viveros, que foi condenado por dupla tentativa de homicídio na década de 1980, contra sua então esposa, Maria da Penha Viveros, que, por decorrência de um tiro, ficou paraplégica. Trata-se da mesma Maria da Penha que dá nome a famosa lei de proteção à violência contra a mulher. Na postagem, Jessé diz que Marco Antônio tem uma “versão no mínimo intrigante” dos fatos que envolveram sua esposa.

De acordo com o ex-marido, Maria da Penha “era um demônio”, e teria inventado uma história para que ele fosse condenado a prisão. Após uma saraivada de críticas, ontem Jessé apagou a postagem. A tal armação parece ter sido muito bem feita, a ponto de Maria da Penha ter sido condenada a ficar para o resto da vida numa cadeira de rodas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui