Três pessoas são presas por falsificação de bebidas alcoólicas

Publicidade

 

Dois homens, de 26 e 29 anos, e uma mulher de 34 anos foram presos nesta quinta-feira (21) após a Polícia Civil descobrir um esquema de falsificação de bebidas alcoólicas que funcionava em uma fábrica.

O fato foi registrado no bairro Jardim Lisa, em Campinas, no interior de São Paulo.

Conforme a Polícia Civil, mais de 150 garrafas com bebidas destiladas, além de outros vidros vazios, centenas de tampas de marcas de bebidas diversas e barris com líquido foram apreendidos.

Após denúncia de uma empresa de comércio eletrônico, que detectou, por meio da base de dados, transações bancárias de R$ 100 mil, em um curto espaço de tempo, além de inúmeras compras de tampas e lacres feitas pelos suspeitos, os agentes passaram a investigar o esquema. Com o mandado de busca e apreensão, as equipes foram até o endereço onde funcionava uma suposta fábrica de produção de bebidas alcoólicas.

No local, os investigadores encontraram diversas garrafas de marcas conhecidas, além de centenas de embalagens, equipamentos para lacrar garrafas e tonéis com bebida destilada.

Os líquidos e objetos apreendidos foram encaminhados à perícia e os suspeitos à delegacia, onde pagaram fiança e foram liberados. O trio responde criminalmente por associação criminosa, falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, além de crime consumado contra o meio ambiente, por manter uma espécie da fauna silvestre em cativeiro.

 

 

 

 OCPNEWS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui