Aumento do preço da gasolina e do diesel já está valendo; veja o que muda

O reajuste dos combustíveis será repassado às distribuidoras neste sábado (18). Na sexta-feira (18), a Petrobras anunciou o aumento de 5% da gasolina, e de 14% do diesel. Esse acréscimo chegará ao consumidor final somado aos impostos, custos logísticos e de distribuição.

Em tese, a alta só deveria chegar às bombas após ser aplicada pelas distribuidoras e de acordo com o novo estoque de cada posto de combustível — processo que pode levar uma semana. Mas, logo após o anúncio da estatal, alguns empresários já praticavam valores “reajustados”.

Ao longo da sexta, consumidores fizeram filas em postos para tentar abastecer o carro com o litro do combustível ainda no patamar dos R$ 7.

Segundo o vice-presidente do Sindópolis (Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis), Joel Fernandes, o repasse ao consumidor será alto, principalmente do diesel.

“O grande problema vai ser o diesel, porque foi um aumento fantástico, em torno de R$ 0,70 devem ser repassados pra o consumidor. Como o diesel move toda a nossa economia, estamos muito preocupados.”

Já em relação à gasolina, Fernandes diz que como devem ser repassados R$ o,15 ao consumidor, estima que o preço do litro da gasolina ficará em em torno de R$ 7,39 a R$ 7,49, em média.

Com informações NDmais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui