sábado, 22 DE junho DE 2024
spot_img
SaúdeEm meio a colapso, Saúde descarta hospital de campanha em Santa Catarina

Em meio a colapso, Saúde descarta hospital de campanha em Santa Catarina

Publicidade

Em meio a uma grave crise no sistema de saúde, Santa Catarina não prevê a criação de hospital de campanha para tratamento de pacientes infectados pela Covid-19.

O secretário adjunto de Estado da Saúde, Alexandre Fagundes, disse que o Estado não trabalha com essa hipótese, pois as estruturas hospitalares existentes hoje podem ser expandidas para o tratamento de infectados pelo novo coronavírus.

Fagundes cita o exemplo de um hospital na região Oeste, onde de 10 leitos de UTI, apenas um era destinado ao tratamento da Covid-19.

“Conseguimos remanejar os pacientes para outras unidades e transformamos todos os 10 leitos em UTI Covid. São ações que estamos fazendo em todas as regiões, principalmente, no Oeste e Grande Florianópolis, justamente para tentar reforçar a estrutura hospitalar e oferta de leitos para a população catarinense”, disse o secretário adjunto.

Conforme Alexandre, as ações do Estado visam intensificar a capacidade de expansão dos leitos de UTI nas unidades hospitalares, sejam elas próprias ou contratualizadas. O objetivo é suprir a crescente demanda por leitos de UTI.

Reforço nas regiões

O secretário adjunto da Saúde destaca que ao longo da semana, a pasta passou pelas regiões Norte e Sul do Estado para analisar a estrutura hospitalar.

O intuito foi observar a capacidade de expansão e reativação de leitos de UTI desativados em períodos de menos graves de enfrentamento da pandemia no ano passado.

“Essa força está sendo chamada de novo ao trabalho, pois pensamos que o que está acontecendo no Grande Oeste e na Grande Florianópolis pode se expandir para todo o Estado. É uma força tarefa para que a gente consiga enfrentar esse pior pico da pandemia”, diz Alexandre.

Sobre a transferência de pacientes que necessitam de leitos de UTI para o Sul do Estado, Fagundes fala que o trabalho é pensado sob uma lógica regional. Isto é, a ideia é estruturar as regiões para que cada uma atenda sua demanda.

“Em um cenário de poucas ofertas de leitos de UTI, a lógica de transferência de pacientes para outras regiões, perde o sentido”, justifica.

Segundo o painel de dados da Secretaria de Estado da Saúde desta quinta-feira (25), a região Sul é possui a menor taxa de ocupação de leitos de UTI (87,1%).

 “Estado enfrenta pior momento da pandemia”

Com relação ao estado de colapso do sistema de saúde, o secretário adjunto reconhece que o Estado enfrenta o pior momento da pandemia da Covid-19.Contudo, ele ressalta que a situação crítica não é exclusividade de Santa Catarina.

Secretário Adjunto da Saúde, Alexandre Fagundes – Foto: SES/Divulgação/NDSecretário Adjunto da Saúde, Alexandre Fagundes – Foto: SES/Divulgação/ND

Ele comenta que Estados como o Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo também se encontram em uma fase difícil de enfrentamento da Covid-19.

“É a fase mais aguda da pandemia não só em Santa Catarina, como no país. A situação é bastante grave e os leitos de UTI em todas as regiões estão ocupados quase na sua totalidade. Isso preocupa muito neste momento”, alerta.(Fonte: ND Mais)


spot_img
spot_img

Matérias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.