Projeto Bolsa de Sementes da Afubra completa 20 anos

Vinte anos do trabalho que visa a sensibilização das pessoas e a preservação ambiental. Esses são os principais objetivos da Bolsa de Sementes, uma das ações do Verde é Vida, programa de educação socioambiental e rural da Afubra, a Associação dos Fumicultores do Brasil.

E para celebrar estes 20 anos, a Secretaria de Educação de Araranguá, juntamente com a Secretaria de Agricultura, em parceria com a Afubra, realizaram na manhã desta segunda-feira, dia 20, o plantio de uma muda de Ipê-amarelo na Praça Cesário Cibien, localizada no bairro Cidade Alta.

Conforme o coordenador regional do Projeto Verde é Vida, Lédio Mota, o Ipê Amarelo é considerado a flor símbolo do Brasil.  ”Com a escolha, além de incentivar o plantio de árvores, também é incentivada a cidadania. Em nome da Diretoria, quero agradecer à Administração de Araranguá por aceitar este projeto de braços abertos”.

Para a secretária de Educação Mariluce Bilck, ”Este é um momento bem marcante, pois estamos fazendo história. Nós sabemos o grande objetivo da Afubra e a importância de aplicar este projeto nas escolas”, finaliza a secretária.

Para comemorar os objetivos da Bolsa de Sementes, uma série de atividades foi organizada pela equipe do Verde é Vida. Uma delas, é o plantio de uma muda de Ipê Amarelo em cada município onde a Afubra tem filial, para marcar a parceria com a Bolsa de Sementes. E Araranguá, é um desses municípios.

Nestes 20 anos, a Bolsa de Sementes já coletou 22.217,4 quilos de sementes de espécies nativas, em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Essa coleta só foi possível pela parceria com professores, alunos, pais e com a UFSM, a Universidade Federal de Santa Maria. Cerca de 14 toneladas foram viáveis nos 20 anos da Bolsa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui