ROLANDO CHRISTIAN COELHO | Reunião de hoje do PP não acontecerá mais

Jorge Boeira continua aguardando por posicionamento do Progressistas para 2022

Rolando Christian Coelho, 13-09-2021

Reunião de hoje do PP não acontecerá mais

Reunião do Progressistas que estava pré-agendada para hoje, em Florianópolis, para dar encaminhamento a pré-candidatura do partido ao Governo do Estado foi cancelada.

Em princípio, a justificativa para tratar deste assunto mais adiante estaria relacionada a atual instabilidade política do país.

Por óbvio que a explicação é para lá de intrigante, até porque, nos últimos 20 anos não existiu uma semana sequer no Brasil que não tenhamos tido algum tipo de instabilidade política oriunda de Brasília.

Não obstante a esta questão, o fato é que o cancelamento deixou no ar um cheiro de queima do nome do ex-deputado federal Jorge Boeira enquanto candidato a governador pela legenda ano que vem. Por ora, Boeira é a bola da vez para disputar o comando do Estado pelo Progressistas. O ex-deputado, no entanto, quer a confirmação oficial disto, o que até agora não aconteceu.

Os comandantes do Progressista, no entanto, estão perdendo seu tempo se imaginam que matarão Jorge Boeira no cansaço, oferecendo-lhe, lá adiante, alguma outra candidatura compensatória.

Quem acompanha sua carreira sabe que, em se tratando de política, Boeira é quem faz as propostas, não o contrário. Para 2022 ele está se dispondo a disputar o governo catarinense. Se isto não for feito pelo Progressistas, será por outra legenda, a exemplo do Podemos ou do PSB. Nada impede que o Progressista ofereça a Boeira a vaga de candidato ao Senado Federal ou a vice, por exemplo, todavia cairíamos no senso comum. Isto o PL de Jorginho Mello poderia oferecer também, com a vantagem de uma maior popularidade.

O fato é que a cúpula estadual do Progressistas parece não ter se dado conta ainda do por quê que o partido decresceu tanto ao longo das últimas duas décadas. Se não compreender que sem renovação nenhuma legenda se mantém vivo ao longo de sucessivas disputas, pode se preparar para decretar a insolvência política da sigla dentro em breve.

Tiago Zilli reúne prefeitos do MDB focado em 2022

Ex-prefeito de Turvo, Tiago Zilli (MDB), promoveu almoço político no sábado, no sitio de sua família, em Timbé do Sul.

O encontro foi pontualmente reservado para tratativas políticas, focadas em 2022, com os cinco prefeitos do MDB da região.

O ex-prefeito de Turvo, Ronaldo Carlessi, e de Sombrio, Zênio Cardoso, também participaram do evento, que contou ainda com a presença do ex-deputado federal Ronaldo Benedet. Em princípio, todos declararam apoio a intenção de Tiago Zilli de disputar a Assembleia Legislativa ano que vem.

Cenário no Sul do Estado favorece Tiago Zilli

A configuração geopolítica no Sul do Estado, especialmente na região de Criciúma, tem facilitado em muito o projeto de Tiago Zilli para o ano que vem.

No MDB, tanto o deputado estadual criciumense Luiz Fernando Vampiro, quanto a deputada estadual içarense Ada de Luca, deverão disputar a Câmara Federal. Há de se ressaltar que o ex-governador Eduardo Moreira, que pretendia disputar a Assembleia Legislativa, assumiu recentemente uma diretoria do BRDE, e dificilmente deixará esta função para postular uma vaga no parlamento estadual.

É claro que o MDB terá outros candidatos a estadual na região de Criciúma, mas no vácuo da reorganização, Tiago Zilli conseguirá espaços para se consolidar na Amrec também, já que todos serão cristãos novos no mercado eleitoral.

Região perde Jornalista Monise Topanotti, de Turvo

Região registrou a lastimável perda, na madrugada de ontem, da jornalista Monise Topanotti, 31 anos, de Turvo, que lutava contra um câncer.

Ela deixa o marido, Alceu Kunz, e duas filhas pequenas, Malu, de quatro anos, e Alice, de um ano e meio.

Primorosa em seus textos, Monise era um exemplo de profissional. Nos últimos meses, por conta do agravamento de sua doença, vinha atuando mais na função de assessora de imprensa. Em nome do Correio do Sul, da Rádio 93FM e do Portal C1, externo os mais profundos pêsames aos familiares e amigos.

Reajuste salarial em Sombrio ainda está rendendo

Câmara Municipal de Vereadores de Sombrio derrubou veto da prefeita Gislaine Cunha (MDB), no que diz respeito ao reajuste de salário dos servidores.

A história é longa, e começa com um decreto presidencial, que proíbe aumentos e reajustes salariais de servidores públicos até o dia 31 de dezembro deste ano, por conta da Covid-19.

A prefeita concedeu reajuste nos meses de abril, maio e junho, mas teve que suspendê-lo em julho, por recomendação do Tribunal de Contas do Estado. Gislaine ingressou na justiça e conseguiu retomar o reajuste em agosto.

A Câmara, no entanto, aprovou projeto de lei, de autoria do vereador Peri Soares (PP), para assegurar o reajuste no que diz respeito a julho. A prefeita vetou o projeto, por recomendação jurídica do executivo. Agora o veto foi derrubado. É provável que seja feita nova consulta ao judiciário estadual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui