Três homens e uma mulher sentam hoje no banco dos réus em Araranguá

Sentam no banco dos réus, nesta quarta-feira, dia 15, um homem, natural de Turvo, de 21 anos, outro homem, natural de Araranguá, de 19 anos, um terceiro homem, natural de Porto Alegre/RS, com 19 anos, e uma mulher, natural de Praia Grande, com 35 anos.

Dois dos réus estão presos no Presídio Regional de Araranguá e a mulher na Penitenciária Estadual Feminina de Guaíba/RS, um terceiro, está em liberdade, pelo menos até o final do julgamento, com residência em Balneário Gaivota.

Os quatro são acusados de envolvimento um homicídio e uma tentativa de homicídio ocorridos na noite do dia 19 de junho do ano passado, no bairro Jardim Cibele, em Araranguá. Um menor também teria participado dos crimes, que, segundo apurado pelo Inquérito Policial ocorreu, a mando da mulher.

A denúncia do Ministério Público aponta que os três réus homens, mais um adolescente, invadiram uma casa onde estavam dois casais, entre eles, Maurício Machado Gomes, de 22 ano, e sua companheira. Maurício foi assassinado a tiros pela quadrilha e sua companheira foi vítima de tentativa de homicídio.

Segundo a denúncia, os três homens e o adolescente pularam o muro da casa, no bairro Jardim Cibele, onde as vítimas se encontravam, Maurício tentou fugir por uma das portas laterais da residência, mas foi atingido por vários disparos de arma de fogo todos na região superior do corpo.

A mulher denunciada pelo MP, além de encomendar o crime, dirigia o automóvel que deu fuga aos executores do assassinato.

A companheira de Maurício também foi atingida por disparos de arma de fogo, mas conseguiu correr e se esconder em um imóvel vizinho, após foi socorrida, sobrevivendo ao ataque.

O Júri inicia na manhã desta quarta-feira, às 9 horas, no Fórum da Comarca de Araranguá e deve se estender, pelo menos, até o período da noite. Devido a pandemia da Coivd-19, o julgamento não será aberto ao público.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui